Master Dissertations - Cognition and Context

2011

  • Álvares, T. (2011). O efeito adiamento-adiantamento na escolha directa entre opções intertemporais. Master thesis supervised by Marc Scholten, área de especialização em Psicologia Social e das Organizações, ISPA – Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida.
  • Antunes, D. (2011). Mulheres do parlamento e conflito trabalho-família. Master thesis supervised by Teresa d’Oliveira, área de especialização em Psicologia Social e das Organizações, ISPA – Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida.
  • Capitão, T. (2011). Crer ou não crer, eis a questão? Percepção de credibilidade e atitude face à política. Master thesis supervised by Teresa Garcia-Marques, área de especialização em Psicologia Social e das Organizações, ISPA – Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida.
  • Cardoso, A. R. (2011). A influência da inteligência emocional no stress ocupacional em colaboradores de uma empresa de call-center. Master thesis supervised by Teresa d’Oliveira, área de especialização em Psicologia Social e das Organizações, ISPA – Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida.
  • Damião, A. (2011). Bem-estar no trabalho: Qual a sua relação com o empenhamento. Master thesis supervised by Teresa d’Oliveira, área de especialização em Psicologia Social e das Organizações, ISPA – Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida.
  • Faleiro, L. (2011). A gestão da diversidade e a inteligência cultural. Master thesis supervised by Teresa d’Oliveira, área de especialização em Psicologia Social e das Organizações, ISPA – Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida.
  • Fevereiro, M. (2011). Escolha intertemporal: Efeito de magnitude proporcional e efeito rao-li na sensibilidade decrescente e efeito do zero escondido. Master thesis supervised by Marc Scholten, área de especialização em Psicologia Social e das Organizações, ISPA – Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida.
  • Carvalho, P. (2011). Escolha intertemporal: Interacção entre enquadramento, sinal e diferimento. Master thesis supervised by Marc Scholten, área de especialização em Psicologia Social e das Organizações, ISPA – Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida.
  • Gonçalves, G. (2011). Escolha intertemporal: A Expansão para a perspectiva triádica. Master thesis supervised by Marc Scholten, área de especialização em Psicologia Social e das Organizações, ISPA – Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida.
  • Melo, J. (2011). A beleza é a melhor carta de recomendação. A associação de beleza a credibilidade, a nível implícito e explícito. Master thesis supervised by Teresa Garcia-Marques, área de especialização em Psicologia Social e das Organizações, ISPA – Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida.
  • Oliveira, M. (Outubro, 2011). Se te pareces como um bebé, trato-te como um bébé. Impressões implícitas e explícitas da maturidade facial. Master thesis supervised by Teresa Garcia-Marques, área de especialização em Psicologia Social e das Organizações, ISPA – Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida.
  • Pereira. J. L. (2011). O efeito adiamento-adiantamento na escolha directa. Master thesis supervised by Marc Scholten, área de especialização em Psicologia Social e das Organizações, ISPA – Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida.
  • Pimentel, D. (2011). Polarização na escolha intertemporal. Master thesis supervised by Marc Scholten, área de especialização em Psicologia Social e das Organizações, ISPA – Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida.
  • Pires, M. (2011). A sensibilidade decrescente e o efeito do zero escondido na escolha intertemporal. Master thesis supervised by Marc Scholten, área de especialização em Psicologia Social e das Organizações, ISPA – Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida.
  • Silva, V. (2011).Conheço a tua intenção. O impacto da capacidade da Familiaridade no conhecimento da situação como persuasiva. Master thesis supervised by Teresa Garcia-Marques, área de especialização em Psicologia Social e das Organizações, ISPA – Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida.
  • Spohr, M. (2011). A ecolha intertemporal económica sob um perspectiva comportamental. Master thesis supervised by Marc Scholten, área de especialização em Psicologia Social e das Organizações, ISPA – Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida.
  • Teles, C. R. (2011). Análise custo-benefício de um program de gestão do stress numa população de controladores de tráfego aéreo. Master thesis supervised by Teresa d’Oliveira, área de especialização em Psicologia Social e das Organizações, ISPA – Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida.

2010

  • Casaca, C. (2010). Stress ocupacional e estratégias de coping na indústria automóvel. Master thesis supervised by Teresa C. D’Oliveira, área de especialização em Psicologia Social e das Organizações, ISPA – Instituto Universitário.
  • Cruz, A. (2010). Estado de espírito e raciocínio com e sem sobrecarga cognitiva. Master thesis supervised by Ana Cristina Quelhas, ISPA – Instituto Universitário.
  • Garganta, A. F. (2010). Conflito trabalho-família: Work family culture e políticas amigas da família. Master thesis supervised by Teresa C. D’Oliveira, área de especialização em Psicologia Social e das Organizações, ISPA – Instituto Universitário.
  • Madruga, N. (2010). O trabalho emocional dos profissionais do casino – um estudo transcultural entre o ocidente e o oriente. Master thesis supervised by Teresa C. D’Oliveira, área de especialização em Psicologia Social e das Organizações, ISPA – Instituto Universitário.
  • Mário, C. (2010). Cultura de resiliência organizacional na indústria petrolífera. Master thesis supervised by Teresa C. D’Oliveira, área de especialização em Psicologia Social e das Organizações, ISPA – Instituto Universitário.
  • Marques, P. (2010). Indicadores objectivos e subjectivos de fadiga ocupacional. Master thesis supervised by Teresa C. D’Oliveira, área de especialização em Psicologia Social e das Organizações, ISPA – Instituto Universitário.
  • Maurício, V. (2010). Cultura de segurança e aprendizagem organizacional. Master thesis supervised by Teresa C. D’Oliveira, área de especialização em Psicologia Social e das Organizações, ISPA – Instituto Universitário.
  • Monteiro, R. (2010). Rotina e excepção, acção e inacção, no pensamento contrafactual. Master thesis supervised by Ana Cristina Quelhas, área de especialização em Psicologia Social e das Organizações, ISPA – Instituto Universitário.
  • Mota, S. (2010). Estado de espírito e raciocínio em paradigma de tarefa dupla. Master thesis supervised by Ana Cristina Quelhas, área de especialização em Psicologia Social e das Organizações, ISPA – Instituto Universitário.
  • Narciso, F. (2010). Densidade social, crowding e ambientes de trabalho. Master thesis supervised by Teresa C. D’Oliveira, área de especialização em Psicologia Social e das Organizações, ISPA – Instituto Universitário.
  • Nunes, M. J. (2010). Pensamento contrafactual sobre cenários de violência. Master thesis supervised by Ana Cristina Quelhas, ISPA – Instituto Universitário.
  • Remédios, A. R. (2010). Conflicto trabalho-família e o horário de trabalho. Master thesis supervised by Teresa C. D’Oliveira, área de especialização em Psicologia Social e das Organizações, ISPA – Instituto Universitário.
  • Robledo. P. (2010). A agressão em context de trabalho em Portugal e Espanha. Master thesis supervised by Teresa C. D’Oliveira, área de especialização em Psicologia Social e das Organizações, ISPA – Instituto Universitário.
  • Victor, M. I. (2010). Equilíbrio trabalho-vida privada: A adequação das práticas organizacionais às necessidades dos trabalhadores. Master thesis supervised by Teresa C. D’Oliveira, área de especialização em Psicologia Social e das Organizações, ISPA – Instituto Universitário.

2009

  • Azevedo, P. (2009). Private and social discounting as predictors of socially and individually responsible behavior. Master thesis supervised by Marc Scholten, área de especialização em Psicologia Social e das Organizações, ISPA.
  • Cunha de Eça, M. (2009). Laboratory measures of intertemporal preference as predictors of field behavior. Master thesis supervised by Marc Scholten, área de especialização em Psicologia Social e das Organizações, ISPA.
  • Kahles, B. (2009). Time preference, the pain of paying, and the pleasure of saving. Master thesis supervised by Marc Scholten, área de especialização em Psicologia Social e das Organizações, ISPA.
  • Matavelli, R. (2009). Validating a laboratory measure of intertemporal preference against Barratt's impulsivity scale. Master thesis supervised by Marc Scholten, área de especialização em Psicologia Social e das Organizações, ISPA.
  • Roberto, R. (2009). Laboratory measures of intertemporal preference as predictors of field behavior. Master thesis supervised by Marc Scholten.
    Sousa, J. (2009). Materialism and life satisfaction. Master thesis supervised by Marc Scholten, área de especialização em Psicologia Social e das Organizações, ISPA.

2008

  • Abrunhosa, R. (2008). Comparações mediterrânicas. Felicidade e infelicidade em Itália e Portugal. Master thesis supervised by Teresa Garcia-Marques, ISPA.
  • Bento, S. (2008). O processamento de informação na resolução de problemas com insight. Master thesis supervised by Ana Cristina Quelhas, ISPA.
  • Cabral, D. (2008). Mais vale tarde que nunca” - O papel do Provérbio no Contexto Persuasivo. Master thesis supervised by Teresa Garcia-Marques, ISPA.
  • Costa, C. (2008). Homo-quê? Expressão de atitudes implícitas e explícitas face à homoparentalidade – Moderação motivacional. Master thesis supervised by Teresa Garcia-Marques, ISPA.
  • Dias, I. (2008). O que é mais provável – ser perseguido na rua ou perder o autocarro? A modulação da resposta pela dimensão certeza/incerteza da emoção. Master thesis supervised by Teresa Garcia-Marques, ISPA.
  • Evangelista, S. (2008). A influência da modulação semântica e pragmática no raciocínio condicional. Master thesis supervised by Ana Cristina Quelhas, ISPA.
  • Ferreira, R. (2008). A credibilidade e os políticos: Confiança e desconfiança em persuasão. Master thesis supervised by Teresa Garcia-Marques, ISPA.
  • Gorgulho, M. (2008). Como escolhemos? Alternativas e/ou atributos? Os diferentes modelos em escolha intertemporal. Master thesis supervised by Marc Scholten, ISPA.
  • Lourenço, G. (2008). Aplicação do modelo de dupla mediação ao contexto de escolha arriscada entre opções de consequências negativas. Master thesis supervised by Marc Scholten, ISPA.
  • Lourenço, I. (2008). Tell me lies. O papel da familiaridade na manifestação do “efeito da ilusão da verdade” e o seu aspecto inversamente ilusório – a “ilusão da falsidade”. Master thesis supervised by Teresa Garcia-Marques, ISPA.
  • Madelino, N. (2008). O efeito da familiaridade quando rotulada de falsidade. Master thesis supervised by Teresa Garcia-Marques, ISPA.
  • Nunes, V. (2008). Conflito na escolha arriscada em ganhos e perdas. Master thesi supervised by Marc Scholten, ISPA.
  • Rosa. I. (2008). Festinger revisitado: Sacrifício e argumentação como fontes de conflito na tomada de decisão. Master thesis supervised by Marc Scholten, ISPA.
  • Rasga, C. (2008). O efeito de ordem temporal no pensamento contrafactual das crianças. Master thesis supervised by Ana Cristina Quelhas, ISPA.
  • Santos, C. (2008). O tipo de mensagem anti-tabaco na percepção de ameaças e intenção comportamental de jovens. Master thesis supervised by Teresa Garcia-Marques, ISPA.
  • Silva, M. (2008). O perfil cultural e estratégico do cluster do vale do ave. Master thesis supervised by Marc Scholten, ISPA.
  • Vicente, H. (2008). O efeito “Dr House”. Master thesis supervised by Teresa Garcia-Marques, ISPA.

2007

  • Guerreiro, J. (2007). Modulação pragmática no raciocínio com condicionais deônticas: Um estudo exploratório com reclusos. Masters thesis supervised by Ana Cristina Quelhas, Instituto Superior de Psicologia Aplicada.
  • Luiz, C. (2007). Aplicação do modelo de dupla mediação à escolha livre e escolha forçada. Graduation thesis. Instituto Superior de Psicologia Aplicada.

Horários e Contactos

Dias úteis

das 9:30h às 13:30h

uipcde@ispa.pt

+351 21 881 1700/ 77